Subscrever Newsletter APS:

Bem vindo à sua área reservada

Autentique-se para aceder!

Se estiver autenticado aparecerá informação adicional neste painel.

Exemplo de como aceder à área reservada da APS.
Na caixa de texto (canto superior direito da página) coloque no nome de utilizador o seguinte:
S_APS_(o seu nº de sócio) e como palavra-passe coloque o seu nome próprio seguido do nº de sócio.
Imagine o sócio Telmo Portugal com o nº de sócio 999999:
S_APS_999999
TELMO999999
Ínicio >

Agenda

Bolsas - Concursos - Trabalho

2017-01-30

Edital para atribuição de uma Bolsa de Investigação

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação, no âmbito do Observatório da Emigração do CIES-IUL do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), financiada pela Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas.

Área Científica: Not available

Requisitos de admissão: Mestrado na área das Ciências Sociais com média igual ou superior a 14 valores; Domínio falado e escrito das línguas portuguesa e inglesa.

Condições de preferência:
Experiência de recolha, tratamento e análise de estatísticas nacionais e internacionais;
Experiência de investigação na área das migrações internacionais;
Conhecimentos sobre a emigração portuguesa;
Competências na gestão de sítios eletrónicos;
Conhecimentos de metodologias de investigação quantitativas e qualitativas.

Plano de trabalhos: Participação como investigador(a) na equipa do Observatório da Emigração, assegurando as seguintes atividades: recolha, tratamento e análise de estatísticas nacionais e internacionais sobre a emigração portuguesa; apoio a atividades de divulgação, em particular através do sítio eletrónico do Observatório da Emigração; organização de eventos científicos; realização de ações de formação; produção de relatórios e/ou artigos científicos na área de atuação do Observatório da Emigração.

Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação aprovado pela Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto, alterada pelo Decreto-Lei n.º 202/2012, de 27 de agosto, e alterado pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de outubro e pela Lei nº 12/2013, de 29 de janeiro e pelo Decreto-Lei nº 89/2013, de 09 de julho e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia em vigor (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt).

Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, sob a orientação científica de Rui Pena Pires.

Duração da bolsa: A bolsa terá a duração de 10 meses, com início previsto a 1 de março de 2017. O contrato de bolsa poderá ser eventualmente renovado dentro da vigência do projeto.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).
Métodos de seleção: Os candidatos serão selecionados em duas fases. Numa primeira fase, o júri fará uma avaliação documental da carta de motivação e do curriculum vitae pormenorizado, selecionando as melhores candidaturas para entrevista, que constituirá a segunda fase. Os candidatos serão classificados de acordo com uma valoração de 50% para cada fase, sendo que os candidatos eliminados na primeira fase são classificados com nota nula na fase de entrevista para efeitos de classificação final e não serão seriados. O júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa no caso de nenhum/a dos/as candidatos/as corresponder ao perfil desejado.

Composição do júri de seleção: A seleção dos candidatos será efetuada por um júri constituído pelo coordenador do Observatório da Emigração, Rui Pena Pires (ISCTE-IUL, CIES-IUL), e por Cláudia Pereira (ISCTE-IUL, CIES-IUL) e Joana Azevedo (ISCTE-IUL, CIES-IUL).

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados através de lista ordenada por nota final obtida, sendo todos os candidatos notificados do resultado do concurso através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 16 a 30 de janeiro de 2017.

As candidaturas devem ser formalizadas obrigatoriamente através de correio eletrónico para o Gabinete de Comunicação e Planeamento do CIES-IUL para o endereço gcp.cies@iscte.pt com a indicação da referência (BI-M/OE/01/2017), acompanhadas dos seguintes documentos: carta de motivação, Curriculum vitae pormenorizado, cópia dos certificados de habilitações e outros documentos comprovativos considerados relevantes. Todas as candidaturas rececionadas receberão um e-mail de confirmação.

Nota Importante: A atribuição da bolsa está dependente da confirmação efetiva do financiamento do projeto.

[ Informação Daniela Santos, Gabinete de Comunicação e Planeamento do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) ]