Associação Portuguesa de Sociologia|aps@aps.pt

Colóquio “Democracia e Crise Política 2014-2018”

//Colóquio “Democracia e Crise Política 2014-2018”

Colóquio “Democracia e Crise Política 2014-2018”

25 janeiro, 10h, Centro de Informação Urbana de Lisboa – CIUL, Lisboa

O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra convida-o/a a participar no Colóquio “Democracia e Crise Política 2014-2018” que terá lugar no dia 25 de janeiro às 10h no auditório do Centro de Informação Urbana de Lisboa – CIUL, em Lisboa.

Apresentação
A crise da democracia instalou-se no mundo, tanto no Norte quanto no Sul global. No caso da América Latina, a chamada ‘onda rosa’ e os avanços democráticos da década passada foram completamente revertidos. No contexto europeu, a vaga populista está a colocar em causa vários dos avanços democráticos. Já no contexto africano, a crise democrática é mais percetível quando analisadas as chamadas crises da dívida.
O objetivo deste seminário é analisar a inter-relação entre a crise da democracia em diversos contextos, com enfoque no caso brasileiro.

Programa
10h00 – 11h30 | Mesa de Abertura
Tarso Genro (Instituto Novos Paradigmas)
Boaventura de Sousa Santos (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
Pilar del Rio (Fundação José Saramago)

11h30 – 13h00 | MESA de debate 1: Dilemas da Democracia Norte Sul
Cristiano Gianolla (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
Leonardo Avritzer (Universidade Federal de Minas Gerais/ INCT)
Maria Paula Meneses (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
Fernando Haddad (Ensino Superior em Negócios, Direito e Engenharia)
Almoço livre

15h30 – 17h00 | MESA de debate 2: A ‘corrupção’, judicialização e militarização: uma perspetiva comparada
Paula Fernando (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra – Observatório Permanente da Justiça)
Mamadou Ba (SOS Racismo)
Marjorie Marona (Universidade Federal de Minas Gerais)
Carlos Nuno Castel-Branco (Instituto de Estudos Sociais e Económicos / Instituto Superior de Economia e Gestão)
João Feres Junior (IESP)

CONCLUSÕES: Francisco Louçã (Instituto Superior de Economia e Gestão)
17h30 – 19h00 | O Enfrentamento da Desigualdade Social no Brasil: Artinclusão e Direito no Cárcere como Perspetivas Empíricas do Direito com a Arte
Carmela Grune – Ativista de Direitos Humanos. Idealizadora do Projeto Direito no Cárcere e do Jornal Estado de Direito.
Aloizio Pascoal Pedersen – Ativista de Direitos Humanos. Idealizador do projeto Artinclusão e Escola Sem Violência.
Apresentar-se-á, a partir das experiências advindas dos projetos sociais, ARTINCLUSÃO e DIREITO NO CÁRCERE, um olhar sobre a arte e o direito nas prisões brasileiras, demonstrando o perfil daqueles que estão a margem de políticas públicas que antecedem ao encarceramento, encontrando nos projetos sociais, dentro do cárcere, possibilidades para despertar uma cidadania ativa, com atividades socioculturais, a formação artística voltada ao trabalho e a geração de renda, o resgate de vínculos familiares e uma real diminuição de danos na execução da pena.

Mais informaçõs aqui.

2019-01-09T16:13:26+00:00
Free WordPress Themes, Free Android Games