Associação Portuguesa de Sociologia|aps@aps.pt

Comunicado da Associação Portuguesa de Sociologia

//Comunicado da Associação Portuguesa de Sociologia

Comunicado da Associação Portuguesa de Sociologia

A APS condena veementemente as declarações do Presidente Brasileiro sobre o fim do apoio público ao ensino da filosofia e da sociologia no Brasil.

Tais declarações, para além do seu cunho provocatório, enquadram-se num ambiente geral de desconfiança e perseguição aos académicos e intelectuais.

É próprio dos regimes ditatoriais abominarem o pensamento crítico, relacional e reflexivo.

Cabe a todas e todos, no mundo inteiro, defenderem-no sem hesitações como o sal da cidadania e da democracia.

Lisboa, 8 de maio de 2019

A Direcção da Associação Portuguesa de Sociologia


Descarregue aqui este comunicado.

Nota da Sociedade Brasileira de Sociologia em defesa do ensino e pesquisa nas áreas de humanas (ver aqui)

Nota de repúdio a declarações do Ministro da Educação e do Presidente da República sobre as Faculdades de Humanidades, nomeadamente Filosofia e Sociologia (ver aqui)

Nota de Protesto da Sociedade Alemã de Sociologia (DGS) contra a “descentralização” do investimento em sociologia e filosofia nas universidades públicas brasileiras (ver aqui)

Statement of the German Sociological Association against the intended decentralization of government funding of sociology and philosophy in Brazil’s public universities (ver aqui)

Nota da Associação Americana de Sociologia em apoio as Ciências Humanas (ver aqui)

Nota de Repúdio do ANDES-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições do Ensino Superior (ver aqui)

Veja o artigo do The Guardian Sociology’s value to wider society and a revival in drama education.

 

 

2019-05-09T09:25:34+00:00
Free WordPress Themes, Free Android Games