XVII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação,

14 a 16 de novembro próximo, no Porto.

Segunda fase para submissão de comunicações de 14 de Julho a 23 de Agosto.

Consulte estas e outras informações em

https://congresso-spce.eventqualia.net/pt/2024/inicio/

Educação, Liberdade e Democracia

O Porto é um lugar de referência da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Foi no Porto que decorreu o primeiro congresso da Sociedade, em 1989. E era também no Porto que estava previsto o XV congresso, em setembro de 2020. Em plena pandemia, o congresso da SPCE nesse ano foi um dos primeiros a realizar-se online – e, desse ponto de vista, foi um congresso épico, com sessões onde tudo aconteceu e onde prolongamos, noite dentro, algumas sessões extraordinárias. Mas, pese embora essas memórias fabulosas, esse congresso não foi no Porto – e queríamos voltar.

Que melhor altura para organizar esse retorno que a celebração dos 50 anos da revolução do 25 de abril, que restaurou a liberdade e a democracia em Portugal? Esse “dia inicial inteiro e limpo”, como lapidarmente o designou Sophia de Mello Breyner, marcou uma vaga de democratização no Sul da Europa, seguindo-se a Grécia e a Espanha. Mas marcou também uma profunda transformação na própria conceção da educação como um direito de crianças, jovens, adultos e idosos. A revolução portuguesa gerou mudanças nas políticas públicas de educação, na conceção e organização do sistema educativo e das próprias organizações escolares, na estruturação e exigência da formação de educadore/as e professore/as, nos currículos, avaliação e exames, no acesso e democratização, na certificação e reconhecimento, na internacionalização, e até no lugar que ocupa na esfera pública e que a torna objeto de debate e até de disputa. A educação tornou-se, ela mesma, não apenas sinal, mas espaço de liberdade e democracia. Temos consciência do muito que se fez, mas também do muito que há a fazer para evitar a reprodução de desigualdades, contrariar a exclusão e a discriminação, e promover ativamente a liberdade e a democracia para todas e para todos.

A Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação convida a comunidade de investigadores/as em Portugal, na Comunidade de Países de Língua Portuguesa e noutros países a debater e a aprofundar o sentido que os princípios da Educação, Liberdade e Democracia têm na contemporaneidade, reconhecendo o quanto se fez – mas também o quanto temos ainda que fazer. As propostas a apresentar deverão inserir-se num dos eixos temáticos que são propostos neste XVII congresso.

São admitidas propostas de comunicação em Português, Espanhol e Inglês, mas não haverá tradução simultânea.