A carregar Eventos

Resumo

Enquanto fenómenos coletivos e sociais, a gravidez, o parto e a maternidade tendem, essencialmente, a ser concebidos como eventos sociodemográficos e um importante lócus do saber médico, envolvendo uma ampla diversidade de conhecimentos, práticas e atitudes. No entanto, o nascimento e a maternidade são fenómenos multidimensionais, marcados por diferentes contextos sociais, crenças e práticas. E, enquanto eventos biográficos, podem ser entendidos como experiências potencialmente transformadoras, carregadas de significado vital.

Nesta apresentação propomo-nos a pensar a diversidade de experiências e representações da gravidez, do parto e do pós-parto, em Portugal e noutras realidades europeias. Para o efeito, iremos refletir sobre a coexistência de diferentes paradigmas e ideais face à maternidade e ao parto, perceber diferenças entre modelos de assistência em saúde materna em vários países e, ainda, olhar para diferentes experiências de ativismo que, nos últimos anos, têm contribuindo para a reconfiguração de conceções, políticas e práticas em torno da maternidade e do nascimento na Europa.

Mais informações em https://cies.iscte.pt/np4/3019.html